Faculdade Metropolitana
Ilustração lúdica monocromática do perfil de uma mulher e o interior de sua mente e cabeça, denotando a complexidade do ser.

Entenda o que é Psicologia Comportamental: teorias, aplicações e área de formação

A Psicologia Comportamental é uma das vertentes estudadas dentro da Psicologia. Esta área tem se tornado cada vez mais relevante para as humanidades atualmente, especialmente no âmbito acadêmico. Isso devido ao fato de seu estudo ajudar na compreensão do comportamento de humanos e também de animais, o que resulta em consequentes avanços científicos e sociais no entendimento do indivíduo.

A área é também conhecida por behaviorismo, termo advindo da palavra behavior que, em inglês, significa comportamento. As suas diversas teorias podem ser aplicadas em diversos campos da vida humana. Seja para retomar o controle psicológico, compreender e tratar traumas, ou até mesmo para aprimorar relações sociais e profissionais.

Bolsa de Pós- Graduacao com 75% de desconto.

Continue lendo e entenda o conceito, a importância e como aplicar a Psicologia Comportamental em sua vida, pessoal ou profissional!

O que é Psicologia Comportamental?

A psicologia comportamental é uma abordagem científica que visa compreender e explicar o comportamento humano.

Esta teoria utiliza do estudo objetivo do comportamento através da observação. Ou seja, os psicólogos comportamentais baseiam-se no acompanhamento de ações e eventos na vida dos indivíduos.

Tal maneira de trabalhar e pesquisar destaca-se de outras abordagens da psicologia, que tendem a focar apenas em acontecimentos internos da mente humana. Assim, a psicologia comportamental acredita que o comportamento é influenciado por fatores externos.

Ambiente urbano durante o dia, rua movimentada onde diversas pessoas cruzam a faixa de pedestres entre a rua e a calçada.

Qual a importância da Psicologia Comportamental?

Esta teoria tem sua principal importância nas terapias comportamentais, cuja finalidade é propor um controle e estabilidade emocional e psicológica. Como, por exemplo, a Terapia Cognitivo Comportamental, ou TCC.

>> Confira para entender mais: Terapia Cognitivo Comportamental

O estudo do comportamento humano pode possibilitar mudanças e melhorias na vida do paciente. Afinal, é através da identificação de padrões comportamentais negativos que a introdução de hábitos e pensamentos positivos é concretizada, permitindo ao indivíduo a retomada do controle de seu estado mental.

Além da melhoria mental através da terapia, a maneira como o homem é estudado pelo behaviorismo também pode gerar consequências positivas em diversos outros aspectos da vida do indivíduo, como a profissional.

Nesse sentido, as táticas utilizadas em terapias comportamentais podem ser aplicadas no âmbito profissional para melhorias em uma carreira. Dessa forma, identificar hábitos e alterá-los pode ser positivo quando se trata de conseguir estabelecer relações interpessoais ou atingir o aprimoramento de habilidades.

Pode até mesmo promover um aumento da produtividade e maior rendimento na performance de um trabalho.

Além disso, a abordagem comportamentalista na educação também tem demonstrado resultados positivos. Estes funcionam para promover a introdução de técnicas e mecanismos efetivos a fim de melhorar e evoluir o desempenho educacional dos alunos.

Ambiente clínico de terapia, no qual paciente aparece deitado em um sofá ao fundo, enquanto um profissional faz anotações.

>> Leia sobre a Terapia ABA: O que é, quais são seus benefícios para crianças autistas e as possíveis formações na área

As principais teorias do Behaviorismo

A Psicologia Comportamental é formada por um grande conjunto de teorias e estudos. Para entender ainda melhor o que é a psicologia comportamental, é necessário reconhecer algumas das principais teorias, que são:

Behaviorismo Clássico:

Esta teoria, desenvolvida por Ivan Pavlov, é baseada no condicionamento clássico. Ou seja, o comportamento do indivíduo é condicionado ao ambiente externo.

Como exemplo, Pavlov desenvolveu uma pesquisa com cães, comprovando que estes eram capazes de aprender a associar o som de um sino com a comida. Por consequência, os cães conseguiam sentir desejo de comer e até mesmo salivar apenas ao ouvir o som do sino.

Behaviorismo Radical:

Já o Behaviorismo Radical, representado por Skinner, diz respeito à ênfase no papel do reforço e do condicionamento operante como partes fundamentais para entender o comportamento humano.

O seu principal objetivo é demonstrar que o comportamento humano é, basicamente, um conjunto de manifestações externas estritamente ligadas a sentimentos e condições internas do indivíduo.

Em seu experimento, conhecido como “Caixa de Skinner”, o teórico buscou estudar o comportamento utilizando animais, como um rato, em uma caixa. Nesta caixa, o rato deveria interagir com uma pequena alavanca que, vez ou outra, quando acionada pelo mesmo, disponibilizava certas recompensas, como alimento, água, luz ou até mesmo choques.

Isso servia para comprovar a teoria de Skinner de que os indivíduos se comportam de acordo com as consequências de suas ações. Aqui, os reforços negativos e positivos são utilizados como parte da teoria.

O reforço positivo é uma recompensa com finalidades boas àquele para quem está sendo atribuído. Como, por exemplo, recompensar um animal com alimentos logo após este se comportar da forma esperada ou almejada.

Já o reforço negativo é respectivo à retirada de algo essencialmente ruim para o cenário de aprendizagem comportamental. Um exemplo disso é quando uma criança não está disposta a comer algo e o adulto responsável retira aquele elemento da refeição.

Behaviorismo Social:

O teórico responsável por esta vertente do Behaviorismo é chamado Albert Bandura. Sua intenção era propor que os comportamentos humanos funcionam através da aprendizagem por observação.

Portanto, o indivíduo está condicionado a se comportar de acordo com aquilo que aprendeu com a sociedade à sua volta. Ou seja, por meio da observação e imitação de modelos comportamentais.

Bandura ressalta que a observação aqui se dá principalmente nas consequências geradas pelo comportamento das outras pessoas.

Profissional da área científica de costas, analisando diversos frascos e tubos de vidro dispostos na mesa em sua frente.

Possibilidades de formação na área de Psicologia Comportamental

Para exercer a função de psicólogo, a fim de utilizar a abordagem comportamentalista em suas pesquisas ou com um quadro de pacientes, é necessário cursar a graduação em Psicologia.

Dessa forma, pesquisar por cursos e instituições que se encaixem exatamente naquilo que você esteja procurando é essencial para a construção de uma carreira profissional bem sucedida no campo da Psicologia.

A formação especializada em desenvolvimento e comportamento é muito importante para a execução de um bom trabalho, seja este com pacientes ou em pesquisas científicas.

Como, por exemplo, a pós-graduação em psicologia comportamental, que pode ser uma boa escolha para se profissionalizar e estar preparado para realizar sua função de forma ética e humanizada.

O blog Estude Sem Fronteiras selecionou os melhores cursos e pós-graduação em Psicologia Comportamental da Faculdade Metropolitana, para você iniciar seus estudos e carreira imediatamente! Confira:

Pós-Graduação EAD em Psicologia Comportamental:

>> Pós-Graduação EAD em Terapia Cognitivo Comportamental

Pós-Graduação EAD em Terapia Cognitivo Comportamental

>> Pós-Graduação EAD em Psicologia e Educação

Pós-Graduação EAD em Psicologia e Educação

>> Pós-Graduação EAD em Psicanálise e Psicologia

Pós-Graduação EAD em Psicanálise e Psicologia

>> Pós-Graduação EAD em Psicologia

Pós-Graduação EAD em Psicologia

Cursos online com ênfase em Psicologia Comportamental:

>> Curso Online de Introdução à Terapia Cognitivo Comportamental

Curso Online de Introdução à Terapia Cognitivo Comportamental

>> Curso Online de Introdução à Psicologia do Desenvolvimento

Curso Online de Introdução à Psicologia do Desenvolvimento

>> Curso Online de Fundamentos em Psicanálise

Curso Online de Fundamentos em Psicanálise

Conclusão: O estudo do comportamento e desenvolvimento humano como pilar essencial para a sociedade

Após compreender o que é Psicologia Comportamental, conhecer algumas das principais teorias do Behaviorismo e até mesmo como seguir nesta área enquanto carreira profissional, a importância dos estudos do desenvolvimento humano tornam-se ainda mais claros.

Afinal, reconhecer e elucidar o comportamento humano é fundamental para a evolução do coletivo. Isto devido ao fato das mudanças internas e individuais gerarem efeitos e resultados positivos na construção de toda uma sociedade.

Logo, entender os comportamentos humanos e todos os seus desdobramentos torna possível enxergar o indivíduo de forma humanizada e empática.

Agora que você entendeu tudo sobre a Psicologia Comportamental, siga estudando sobre o assunto e leia mais sobre a Psicologia do Desenvolvimento Humano:

>> O que é, estágios e formação em Psicologia do Desenvolvimento

Conheça o Estude Sem Fronteiras

Invista em sua formação a partir de qualquer lugar do Brasil. Nós contamos com os melhores profissionais e materiais atualizados para te garantir relevância no mercado de trabalho e uma formação humanizada. Com apenas alguns cliques você pode se inscrever em um de nossos cursos online e iniciar sua carreira profissional!

O Estude Sem Fronteiras é um portal de educação da Faculdade Metropolitana, credenciada pelo Ministério da Educação (MEC), que oferece cursos de Extensão, Aperfeiçoamento, Pós-Graduação e MBA EAD de forma 100% online.

>> Garanta uma Bolsa de Desconto para os cursos de Pós-Graduação EAD da Faculdade Metropolitana

Assista ao vídeo explicativo para entender porque vale a pena fazer parte da Faculdade Metropolitana:

aluna segurando livro

Clique abaixo para acessar o site do Estude Sem Fronteiras e conhecer mais sobre nossos Cursos Online, Pós-Graduação EAD e MBA EAD!

ACESSE OS CURSOS!

Cristiana Maria di Primio Gonçalves

Graduada em Psicologia pela Universidade de Passo Fundo. Especializada em Gestão Estratégica Empresarial e em Consultoria de Recursos Humanos pela Associação Brasileira de Recursos Humanos - ABRH. Mestre em Administração de Organizações pela Universidade de São Paulo - FEA/USP. Reconhecida e premiada na área de Gestão de Pessoas. Atuante no campo de Administração de Recursos Humanos. Experiência profissional como Docente na disciplina de Psicologia Aplicada à Administração na Universidade de Passo Fundo e como Professora e Orientadora na disciplina de Jogos de Negócios na Pós-Graduação da Fundação Getúlio Vargas - FGV. Capacitada em Mediação e Conciliação de Conflitos pelo Instituto Conversações. Atuante como Professora/Tutora de disciplinas da Graduação e da Pós-Graduação na Faculdade Metropolitana, nas áreas de Gestão, Administração, Psicologia e Neuropsicologia.

Faculdade Metropolitana