Faculdade Metropolitana
imagem ilustrativa de um cérebro

Neuropsicopedagogia – Tudo sobre essa área multidisciplinar

A neuropsicopedagogia é uma área multidisciplinar que tem como pilares a psicologia cognitiva, a pedagogia e a neurociência. Você já a conhece?

Se você estuda na área de psicologia ou pedagogia e não sabe onde atuar, que tal conhecer um pouco sobre a neuropsicopedagogia? Essa é uma área de atuação muito interessante para quem tem ou pretende fazer uma dessas formações.

Bolsa de Pós- Graduacao com 75% de desconto.

Isso porque você consegue ajudar as pessoas com dificuldades de aprendizagem por meio do estudo dos processos cerebrais. Assim como aplica testes e faz diagnósticos que podem promover o seu desenvolvimento.

Então, se você quer saber mais sobre neuropsicopedagogia o que é e como funciona, continue a leitura e confira o nosso texto.

O que é a neuropsicopedagogia?

>> Pós-Graduação EAD em Neuropsicopedagogia Clínica e Institucional 

A neuropsicopedagogia é uma ciência multidisciplinar, pois leva em consideração os conhecimentos nas áreas da psicologia, pedagogia e neurociência no momento de fazer os seus estudos sobre o funcionamento do cérebro e a sua relação com o processo de aprendizagem.

Ela é muito importante para a criação de métodos, estratégias e técnicas que ajudam no desenvolvimento dos indivíduos, pois estuda as dificuldades cognitivas que bloqueiam a aprendizagem e, assim, consegue criar soluções viáveis e eficazes para resolvê-las da melhor maneira possível.

Qual a diferença entre psicopedagogia e neuropsicopedagogia?

>> Pós-Graduação EAD em Psicopedagogia

Mas, afinal, você sabe qual a diferença entre psicopedagogia e neuropsicopedagogia? É importante saber essa informação para não confundir a área de atuação de cada profissional.

Nesse caso, a psicopedagogia busca identificar os problemas de aprendizagem e desenvolve métodos para resolvê-los. Já a neuropsicopedagogia, estuda a relação entre os processos cognitivos e a aprendizagem para fazer intervenções mais aprofundadas com base nas áreas multidisciplinares que a fundamenta.

Embora atuem junto às mesmas dificuldades de aprendizagem, a neuropsicopedagogia tem uma atuação mais amplificada, dado que o profissional pode aplicar testes e mapear o cérebro dos indivíduos para emitir diagnósticos e intervir de maneira assertiva nos problemas encontrados.

> Leia também: Qual a importância da psicopedagogia na escola?

>> Curso Online de Psicopedagogia na Escola

O que ela estuda?

Saber o que a área estuda é essencial para compreender a sua importância. Nesse caso, essa ciência estuda a relação entre os processos cognitivos e a aprendizagem. Por isso, ela usa como base a psicopedagogia, a psicologia, a pedagogia e a neurociência.

Dessa forma, é possível entender como o funcionamento do cérebro pode interferir no processo de aprendizagem e vice-versa. Assim, fica mais fácil criar métodos, técnicas e estratégias que podem facilitar a vida de muitas pessoas que têm problemas na hora de estudar.

Quem pode fazer neuropsicopedagogia?

Poderíamos dizer que qualquer profissional pode atuar como neuropsicopedagogo, mas isso não é verdade. Isso porque o principal quesito é gostar de pessoas, pois você deverá ajudá-las a superar seus desafios do dia a dia em relação a aprendizagem.

Para atuar com neuropsicopedagogia, recomenda-se fazer graduação em Psicologia ou Pedagogia, já que essas formações servirão de base para que você tenha os conhecimentos essenciais para executar o seu trabalho.

Com a formação concluída, deve-se fazer uma pós-graduação em neuropsicopedagogia. Dessa forma, você estará preparado para atuar nesta área. É importante mencionar que não precisa parar por aí, pois é necessário continuar se atualizando para oferecer o melhor atendimento para as pessoas.

>> Clique para conhecer a grade curricular da nossa Pós-Graduação em Neuropsicopedagogia

Áreas de Atuação

Agora que já foi explicado o que é e quem pode atuar nessa área, precisamos saber como esse profissional pode atuar no mercado de trabalho. Você sabe onde o neuropsicopedagogo pode atuar?
O profissional dessa área pode trabalhar em escolas e hospitais, tal como abrir o seu próprio consultório. Veja mais detalhes sobre as áreas de atuação:

Atuação em Escolas

Na escola, o profissional ajuda no estudo dos transtornos que resultam nas dificuldades de aprendizagem. Dessa forma, é possível encontrar soluções que podem impulsionar o desenvolvimento dos alunos dentro da sala de aula.

Outra atuação do neuropsicopedagogo no ambiente escolar é na inclusão de pessoas com necessidades especiais, isso porque ele está preparado para ajudar tanto a equipe da escola quanto os alunos a se adaptar e superar as dificuldades. Nesse contexto, Elaine Andrade Gomes, pedagoga especializada em Neuropsicopedagogia com ênfase em educação inclusiva, exemplificou em entrevista ao jornal O Alto Taquari:

“Quando o aluno é aceito e respeitado, independente de suas limitações, ele passa a ter mais tranquilidade e segurança para pedir ajuda e cometer erros, onde ocorre o aprendizado.”

Trabalho em Clínicas

O neuropsicopedagogo também pode abrir consultório e atuar na área clínica. Assim, ele pode atender clientes que apresentam problemas de aprendizagem e precisam de um apoio para desenvolver suas habilidades, como, por exemplo, os autistas.

Nesse caso, ele aplica programas terapêuticos que ajudam os pacientes a resolver as dificuldades e incentiva por meio de técnicas e métodos o surgimento de novas habilidades, bem como o aprimoramento das competências deficitárias.

Função Hospitalar

Já no hospital, esse profissional pode ajudar na reabilitação cognitiva de pessoas que têm alguma doença que interfere na aprendizagem, como Alzheimer, ou que foram acometidos por um acidente, como o Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Esse trabalho é essencial para que esses indivíduos possam voltar a ter uma vida mais saudável. Por isso, o neuropsicopedagogo na área hospitalar pode fazer a diferença no tratamento dessas pessoas.

>> Leia também: Qual o papel da psicologia social?

Pós em Neuropsicopedagogia

Como mencionamos anteriormente, para ser um neuropsicopedagogo é necessário ter graduação de psicologia ou pedagogia, bem como fazer uma pós-graduação específica na área. Esse curso normalmente tem duração de 2 anos e precisa ser realizado em uma instituição credenciada pelo MEC.

Vale destacar que as principais disciplinas abordadas nessa formação são: fundamentos da psicopedagogia, neuropsicopedagogia e o processo de aprendizagem, fundamentos da psicologia do desenvolvimento, teoria e prática da neuropsicopedagogia, formação docente para a diversidade, metodologia de pesquisa, entre outros.

Portanto, essa formação pode preparar você para atuar na área, desde que você tenha uma das graduações base mencionadas no início do texto. Assim, é possível fazer diagnósticos e intervenções em diversas áreas de atuação, como a clínica, o hospital e a escola.

PÓS-GRADUAÇÃO EAD EM NEUROPSICOPEDAGOGIA

PÓS-GRADUAÇÃO EAD PARA PROFESSORES

Vantagens de atuar na área

Atuar neste campo pode proporcionar muitas vantagens para os profissionais. Dentre elas, podemos destacar que você pode contribuir para o bem-estar dos indivíduos, ou seja, através dos estudos e das intervenções é possível ajudá-los a superar os desafios do dia a dia em relação à aprendizagem.

Outra vantagem é fomentar o índice de escolaridade brasileiro, já que ao identificar o problema de aprendizagem dos alunos você consegue aplicar técnicas e métodos para saná-lo. Assim, a criança tem a oportunidade de continuar a estudar de maneira correta e os índices de escolaridade aumentam.

Por fim, quem atua nessa área consegue impactar diretamente na inclusão escolar. Isso porque consegue desenvolver métodos que facilitam o processo de aprendizagem das pessoas com necessidades especiais. Dessa forma, fica mais fácil evitar a exclusão social de quem tem algum transtorno cognitivo.

Características exigidas de quem atua na área e salário

O neuropsicopedagogo precisa ter algumas características principais para atuar nessa área. Como mencionamos anteriormente, a principal delas é gostar de pessoas, pois deverá trabalhar diretamente com os indivíduos. Outra característica importante é ter paciência, já que vai atuar com pessoas que podem ter um raciocínio mais lento.

Além disso, é necessário ter didática para conseguir ajudar os alunos a superar os seus problemas de aprendizagens. Isso porque eles precisam de métodos e técnicas diferenciadas de ensino para aprender de maneira mais eficiente. A responsabilidade também é uma característica essencial, pois você trabalhará com pessoas e elas merecem respeito.

Lembre-se de que também é importante apresentar vontade constante de aprender, estar por dentro de todas as novidades e tendências da profissão, bem como apresentar novas metodologias de trabalho, é essencial.

Assim, podemos entender as principais características exigidas para a realização dessa profissão:

  • Ter alguma formação ou intenção de formação nas áreas de Pedagogia, Psicologia ou Neurociência;
  • Gostar de pessoas e ter responsabilidade social;
  • Ter paciência para lidar com os diferentes tempos de ação de cada um;
  • Constantemente buscar melhorias e atualizações de seus conhecimentos e métodos.

Salário

Já em relação ao salário, o valor pode variar muito de acordo com a localização, área de atuação e tempo de mercado. Por isso, é difícil determinar uma média salarial para essa profissão.

Em resumo, a neuropsicopedagogia é uma área de atuação muito importante, pois ajuda as pessoas a se libertar dos problemas de aprendizagem e conseguir ter uma vida mais feliz. Além disso, é uma ciência que leva em consideração várias áreas que em conjunto ajudam a entender o ser humano na sua essência.

Agora que você já sabe tudo sobre este tema, que tal saber sobre como funciona a Psicologia da Educação?

>> Leia o nosso artigo de Psicologia da Educação

Conheça a Estude Sem Fronteiras

O Estude Sem Fronteiras é um portal de educação da Faculdade Metropolitana, credenciada pelo Ministério da Educação (MEC), que oferece cursos de extensão online, cursos de aperfeiçoamento online, Pós-Graduação e MBA EAD

Assista ao vídeo explicativo para entender os motivos que lhe conduz a fazer parte da Faculdade Metropolitana:

aluna segurando livro

Clique abaixo para acessar o site do Estude Sem Fronteiras e conhecer mais sobre nossos Cursos Online, Pós-Graduação EAD e MBA EAD!

ACESSE OS CURSOS!

Até o próximo post!

Cristiana Maria di Primio Gonçalves

Graduada em Psicologia pela Universidade de Passo Fundo. Especializada em Gestão Estratégica Empresarial e em Consultoria de Recursos Humanos pela Associação Brasileira de Recursos Humanos - ABRH. Mestre em Administração de Organizações pela Universidade de São Paulo - FEA/USP. Reconhecida e premiada na área de Gestão de Pessoas. Atuante no campo de Administração de Recursos Humanos. Experiência profissional como Docente na disciplina de Psicologia Aplicada à Administração na Universidade de Passo Fundo e como Professora e Orientadora na disciplina de Jogos de Negócios na Pós-Graduação da Fundação Getúlio Vargas - FGV. Capacitada em Mediação e Conciliação de Conflitos pelo Instituto Conversações. Atuante como Professora/Tutora de disciplinas da Graduação e da Pós-Graduação na Faculdade Metropolitana, nas áreas de Gestão, Administração, Psicologia e Neuropsicologia.

Faculdade Metropolitana