Faculdade Metropolitana
imagem de duas crianças brincando e uma mulher ao lado.

Psicologia da Educação: entenda a importância e abordagens

O ambiente escolar de anos atrás é muito diferente do que encontramos hoje. Isso acontece porque a Psicologia da Educação impacta diretamente nos processos de ensino e aprendizagem para que eles sejam cada vez mais modernos e inclusivos.

Essa área da Psicologia busca estudar tudo que envolve a sala de aula, desde os fatores internos aos externos, para encontrar soluções para os principais problemas que podem dificultar o desenvolvimento de habilidades por meio do conhecimento.

Bolsa de Pós- Graduacao com 75% de desconto.

Quer saber o conceito e qual o papel da Psicologia da Educação? Então, continue a leitura e confira o nosso texto.

• O que é Psicologia da Educação?

>> Cursos Online de Psicologia

A Psicologia da Educação é um ramo da psicologia que estuda  comportamento do ser humano no ambiente educacional. Ou seja, tenta compreender como funciona o processo de ensino e aprendizagem, assim como procura se aprofundar nos estudos das dificuldades de aprendizagem, como a dislalia, a dislexia, o déficit de atenção, entre outros.

Esses estudos ajudam a criar ferramentas e estratégias que podem melhorar os processos de ensino, a forma como os professores lidam com os problemas de aprendizagem dos alunos, a maneira como deve ser feita a inclusão desses discentes e mais.

Dessa forma, é possível transformar positivamente um ambiente escolar para que os alunos tenham mais facilidade de aprender.

>> Leia também: Qual o papel da psicologia social?

>> Veja também: Pós-Graduação EAD em Psicologia Social e Comunitária

• Diferenças entre Psicologia Escolar e Psicologia da Educação

Psicologia Escolar e Psicologia da Educação não são sinônimos, por isso é importante deixar bem claro a diferença entre elas. A primeira está relacionada à prática, ou seja, é o campo de atuação no qual os conhecimentos da Psicologia da Educação são aplicados.

Já a segunda representa uma área de conhecimento no qual busca-se teoricamente fazer o estudo do processo de aquisição do conhecimento. Portanto, a Psicologia Escolar é a prática e a Psicologia da Educação é a teoria. Em resumo, a Psicologia da Educação estuda o processo de ensino e aprendizagem e a Psicologia Escolar aplica as ferramentas desenvolvidas por ela.

  • Confira os cursos de Pós-Graduação EAD do Estude Sem Fronteiras

>> Pós-Graduação EAD em Psicologia Escolar

>> Pós-Graduação EAD em Psicologia e Educação

• Importância e desafio de unir Psicologia e Educação

A área de Educação passou por muita evolução desde o seu surgimento, e podemos dizer que ainda tem muito para evoluir. Esse crescimento, em grande parte, tem relação com a aplicação da Psicologia no ambiente escolar. Mas essa união nem sempre foi fácil devido à estrutura rígida de ensino que as instituições tinham antigamente.

Vale destacar que a união entre a Psicologia e a Educação é muito importante, pois foi por meio dela que se iniciaram os estudos do comportamento dos alunos e que ficou constatado, por exemplo, que aqueles que são mais agitados não precisam ser punidos, mas sim compreendidos e orientados.

Além disso, essa união também fez com que os processos de ensino e aprendizagem ficassem mais modernos e atendessem a todos os tipos de estilos de aprendizagem. E, ainda, nesse processo, o professor deixou de ser o centro da sala de aula e os alunos tiveram mais chances de participar ativamente expressando suas opiniões e contribuindo com o conteúdo em pauta.

• 7 Benefícios da disciplina no processo de ensino

Como mencionamos anteriormente, a Psicologia da Educação modernizou os processos dentro do ambiente escolar e melhorou as condições tanto para os docentes quanto para os discentes. Mas as vantagens não param por aqui, veja abaixo os principais benefícios que essa disciplina pode proporcionar.

1. Entender as etapas de desenvolvimento

Mas, afinal, qual a importância da Psicologia da Educação na prática diária dos professores? Quando o professor tem conhecimento sobre as etapas de desenvolvimento dos alunos, fica mais fácil aplicar as melhores técnicas de ensino para que eles possam aprender.

Nesse caso, a Psicologia da Educação ajuda a compreender essas etapas e impulsiona a criação de ferramentas úteis para serem usadas em sala de aula. Assim, os professores têm respaldo para cumprir o seu papel dentro do ambiente educacional.

2. Compreender os métodos de ensino

A Psicologia da Educação também ajuda a compreender quais são os métodos de ensino mais eficazes para serem aplicados em sala de aula. Hoje existem formatos de aula diferenciados que conseguem atender aos diferentes estilos de aprendizagem.

Por exemplo, temos a sala de aula invertida na qual o aluno é protagonista e tem uma postura ativa diante do conhecimento. Isso faz com que o processo de ensino e aprendizagem seja mais saudável e prazeroso.

3. Abrir espaço para aconselhamento e orientação

Essa disciplina oportunizou a criação de um espaço dentro do ambiente escolar para que tanto a equipe docente quanto os alunos tivessem apoio para solucionar problemas internos e externos que atrapalham o processo de ensino e aprendizagem.

Por exemplo, alunos com dificuldades devido a problemas em casa podem ter amparo para resolvê-los e voltar a se dedicarem às aulas para melhorar o seu desempenho.

4. Entender as particularidades dos estudantes

Outro benefício da Psicologia da Educação é conseguir compreender as particularidades dos alunos. Isso porque a vida pessoal de cada um deles interfere no seu desempenho escolar e, em alguns casos, pode impactar no coletivo da sala de aula.

Assim, busca-se conhecer o discente de maneira integral para compreender sua personalidade, desejos, estilo de aprendizagem, entre outras características que possam ajudar na melhoria do processo de ensino.

5. Resolver conflitos no ambiente escolar

Com os conhecimentos da Psicologia da Educação, fica mais fácil encontrar as melhores estratégias para resolver conflitos, como tensões, agressões, bullying, entre outros.

Isso ocorre porque essa disciplina faz simulações de situações problema para descobrir as melhores formas de resolvê-las. Assim, os professores e orientadores conseguem agir dentro do ambiente escolar de maneira mais eficiente nesses casos.

6. Estimular o desenvolvimento de competências

O ambiente escolar não serve apenas para adquirir conhecimento, pois ele também ajuda a desenvolver habilidades comportamentais, como trabalho em equipe, relacionamento interpessoal, inteligência emocional, autonomia, respeito à diversidade, entre outras.

Nesse caso, a Psicologia da Educação cria cenários para que esse desenvolvimento seja possível. Assim, os docentes podem aplicar as ferramentas em sala de aula e ajudar os alunos a obterem competências essenciais para a vida em sociedade.

7. Estimular o autoconhecimento

Os conhecimentos da disciplina também ajudam os professores a estimular nos alunos o autoconhecimento por meio de atividades educativas criativas e lúdicas.

Dessa forma, eles passam a se conhecer melhor e isso influencia positivamente no seu comportamento dentro e fora da academia. Além disso, tal cenário impacta no interesse em ensinar e aprender, já que os alunos estarão mais abertos ao conhecimento.

>> Leia também: Qual a importância da psicopedagogia na escola?

>> Curso Online de Psicopedagogia na Escola 

Portanto, são esses os 7 principais benefícios da Psicologia da Educação no processo de ensino e aprendizagem:

  1. Entender as etapas de desenvolvimento
  2. Compreender os métodos de ensino
  3. Abrir espaço para aconselhamento e orientação
  4. Entender as particularidades dos estudantes
  5. Resolver conflitos no ambiente escolar
  6. Estimular o desenvolvimento de competências
  7. Estimular o autoconhecimento

PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

PÓS-GRADUAÇÃO PARA PROFESSORES

• Pioneiros da Psicologia Educacional

Além de conhecer o que é e qual a importância da Psicologia na Educação, temos que saber um pouco da história da Psicologia da Educação. Para isso, vamos falar agora sobre os três pioneiros dessa área do conhecimento, assim você poderá compreender melhor o seu conceito.

Edward Lee Thorndike

Ele é o precursor da Psicologia Educacional e enfatizava que ela deveria ter uma base científica. Além disso, afirmava que os professores precisavam estimular nos alunos o desenvolvimento de habilidades, como o raciocínio lógico.

John Dewey

Com Dewey, a ideia de que as crianças deveriam ser estáticas dentro da sala de aula deixou de fazer sentido, pois ele afirmava que elas precisam ser ativas e participar do processo de ensino e aprendizagem de maneira efetiva.

Assim como a escola deveria estimular os pequenos a terem mais autonomia para conseguirem resolver os problemas que a vida impõe. Além disso, ele enfatizava que o ensino de qualidade é direito de todos independentemente das suas características físicas ou intelectuais.

William James

James dizia em suas palestras que era necessário prestar mais atenção no processo de ensino e aprendizagem que acontece dentro da sala de aula. Dessa forma, era possível compreender o que podia ser melhorado. Ele também lançou o livro Principles of Psychology, que é referência na área.

• Livros de Psicologia Educacional

Agora você vai conhecer alguns livros que podem ajudar a compreender melhor o que é Psicologia Educacional. Continue a leitura e confira!

The Unschooled Mind – Howard Gardner

Neste livro o autor explica que o ensino tradicional, que adota a aprendizagem superficial e de memorização, não tem mais espaço, pois ela impede a compreensão correta do conteúdo e limita a autonomia dos discentes. Dessa forma, ele incentiva a reestruturação das escolas.

Experiência e Educação – John Dewey

Dewey, considerado um dos pais da Psicologia da Educação, afirma que a educação deve impulsionar experiências educacionais futuras, caso contrário não estará fazendo o seu papel corretamente. Ele também compara as escolas tradicionais e progressistas do seu tempo para mostrar seus pontos fortes e fracos.

Psicologia Educacional – John W. Santrock

Esse livro foi construído com base em pesquisas sólidas sobre o processo de ensino e aprendizagem. Além disso, ele propõe que a teoria da disciplina seja aplicada na prática. Dessa forma, busca formar professores mais preparados para atuar em sala de aula de maneira mais eficiente.

Psicologia escolar e educacional – Alexandre Anselmo Guilherme

Neste livro você tem acesso a diversos materiais de estudiosos e pesquisadores da Psicologia Educacional, que apresentam tanto a teoria quanto a prática relacionada à disciplina, visando a estimular pessoas a trilhar esse caminho. Ele é um guia completo muito utilizado em sala de aula nos cursos de educação.

>> Você conhece os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS 2030), criados pela ONU para favorecer a construção de uma sociedade mais justa, sustentável e inclusiva?

>> O ODS número 4 refere-se à Educação de Qualidade como um direito humano essencial! Saiba mais!

• Psicologia da Educação: uma valiosa ferramenta ao processo de ensino e aprendizagem

Em resumo, a Psicologia da Educação é um campo de conhecimento da Psicologia que busca compreender o comportamento das pessoas no processo de ensino e aprendizagem. Por meio dela, é possível encontrar ferramentas que auxiliam na melhoria deste processo.

Portanto, a união entre a Educação e a Psicologia é essencial para que a aquisição do conhecimento em sala de aula seja mais efetiva. Por isso, essa é uma disciplina que é contemplada em diversos cursos de graduação e pós-graduação.

>> Clique no botão abaixo para acessar o site do Estude Sem Fronteiras e conheça mais sobre nosso curso online de Psicologia da Educação:

CURSO ONLINE DE PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO

Gostou deste conteúdo? Então, continue acompanhando o nosso blog para ver mais textos sobre temas relevantes como este. E não deixe de nos seguir também no Instagram e no Facebook para receber nossas notícias em primeira mão.

Conheça o Estude Sem Fronteiras

Você sabe quem está promovendo este artigo? Nós somos o Estude Sem Fronteiras, um portal de educação da Faculdade Metropolitana, credenciada pelo Ministério da Educação (MEC), que oferece cursos de extensão online, cursos de aperfeiçoamento online e Pós-Graduação EAD com a entrega de certificados.

Clique abaixo para acessar o site do Estude Sem Fronteiras e conhecer mais sobre nossos Cursos Online, Pós-Graduação EAD e MBA EAD!

CONHEÇA NOSSOS CURSOS

Gostou deste conteúdo? Então, continue acompanhando o nosso blog para ver mais textos sobre temas relevantes como este. E não deixe de nos seguir também no Instagram e no Facebook para receber nossas notícias em primeira mão.

Cristiana Maria di Primio Gonçalves

Graduada em Psicologia pela Universidade de Passo Fundo. Especializada em Gestão Estratégica Empresarial e em Consultoria de Recursos Humanos pela Associação Brasileira de Recursos Humanos - ABRH. Mestre em Administração de Organizações pela Universidade de São Paulo - FEA/USP. Reconhecida e premiada na área de Gestão de Pessoas. Atuante no campo de Administração de Recursos Humanos. Experiência profissional como Docente na disciplina de Psicologia Aplicada à Administração na Universidade de Passo Fundo e como Professora e Orientadora na disciplina de Jogos de Negócios na Pós-Graduação da Fundação Getúlio Vargas - FGV. Capacitada em Mediação e Conciliação de Conflitos pelo Instituto Conversações. Atuante como Professora/Tutora de disciplinas da Graduação e da Pós-Graduação na Faculdade Metropolitana, nas áreas de Gestão, Administração, Psicologia e Neuropsicologia.

Faculdade Metropolitana