Como estudar em casa e obter bons resultados nos estudos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Mulher sentada no sofá com uma xícara de café, caderno de anotações ao lado e notebook

Estudar em casa pode ser uma ótima forma de complementar o conhecimento adquirido na faculdade ou no colégio. O ato de estudar não deve ser exercido somente em um ambiente escolar, rever as matérias em casa é benéfico e amplia sua performance a respeito daquela área estudada.

O grande problema é que muitas pessoas não estão acostumadas com o estudo em casa. Alguns fatores como a procrastinação, o barulho e até mesmo familiares interferem na criação desse hábito.


Se você deseja se destacar nas matérias ou está se preparando para uma prova específica, aperfeiçoar os estudos e criar esse hábito em casa é fundamental.

Nesse post, o Estude Sem Fronteiras te mostra alguns hábitos e ideias para você colocar em prática.

Maneiras de como melhorar o estudo em casa

Antes de começar a folhear os livros e fazer anotações, é preciso criar um ambiente adequado, além de garantir outros fatores que influenciam diretamente no seu aprendizado.

Veja um passo a passo de ações que vão tornar sua rotina de estudos muito mais saudável:

1. Escolha um local adequado

Não pense que estudar em uma cadeira confortável ou até mesmo na cama irá ajudar quando estiver em casa. Criar essa sensação de muito conforto pode prejudicar, por te dar a sensação de que você não está ali para um momento de desenvolvimento.

É importante que se tenha um local fixo para esses momentos, de preferência com uma mesa e uma cadeira, que não seja tão confortável. Além do assento, uma boa iluminação, tanto na parte do dia como na noite, que não distraia e prejudique sua produção é importantíssimo.

Sendo assim, procure escolher um lugar da casa que possa ser fixo para seus estudos, não muito movimentado e bem iluminado.

2. Estabeleça horários

Assim como definir um local é preciso estabelecer horários fixos. Crie um horário fixo e tenha em mente que não adianta elaborar um horário matutino se você é uma pessoa atenta no período da noite.

Uma opção é definir horários fixos, estudar entre 9h e 10h, mas no período da tarde fazer somente uma revisão ou exercícios. São esses conceitos que podem te ajudar no momento de estabelecer seu horário.

3. Faça um cronograma de estudos

O cronograma nada mais é do que estabelecer o que será estudado naquele determinado dia da semana. Agora que você está estudando em casa, é preciso ter consciência do que é prioridade e o que precisa ser feito.

Faça uma tabela com as informações das matérias, para você entender melhor em quais está indo bem e sem muitas dúvidas, e com aquelas que será preciso mais atenção e um tempo extra para saber sobre o que está se tratando.

4. Escreva suas anotações

Uma forma de você aprender melhor o conteúdo é fazer suas anotações durante a leitura ou videoaula. É uma boa ideia por que o que será escrito é como você entendeu aquele assunto e também pode servir como registro para tirar suas dúvidas mais tarde.

Mulher estudando enquanto realiza anotações no caderno

Separar as anotações ajuda na revisão, consulta e na fixação do conteúdo em sua memória.

Veja com mais detalhes um post em nosso blog sobre qual a importância de uma boa escrita no mundo profissional.

5. Seja organizado

Estudar em casa pode te garantir uma maior flexibilidade e liberdade, por não haver presença de tantas pessoas assim como numa sala de aula. Porém, é preciso se manter organizado e focado.

Antes de iniciar, verifique se as condições estão propícias para o processo de aprendizagem. Escolha um local sem alto fluxo de pessoas, uma mesa organizada sem muitos papéis espalhados e uma cama sempre posta.

Se o ambiente escolhido foi o seu quarto, lembre-se de mantê-lo sempre organizado. Isso pode facilitar e muito o seu processo de concentração!

6. Evite as distrações

A concentração já é uma tarefa difícil, se o ambiente não colaborar fica ainda pior.

Homem sentado no sofá enquanto navega na internet pelo celular

Televisores, celulares, videogames, tente ao máximo não usar esses aparelhos por alguns momentos antes de começar a estudar. Com isso, você se acostuma e esquece da presença deles. Uma outra tática é estabelecer prazos, a cada 20 minutos de estudo você pode se permitir 3 minutos com o celular.

Se possível, tente deixar o celular em outro cômodo e ative o modo silencioso para fugir das notificações!

7. Tenha um tempo para descansar

Mesmo que você tenha um prazo para finalizar seus estudos, procure fazer pausas durante as atividades. Nosso cérebro possui um limite para manter o foco e a concentração. Por isso é essencial que se faça intervalos.

A cada 1 ou 2 horas de estudo, procure descansar e tomar um ar fresco. Não deixe de dormir ou então pular refeições por conta das atividades. Lembre-se que o nosso corpo precisa estar bem para poder funcionar de maneira eficiente.

8. Faça alongamentos

Como dissemos anteriormente, é essencial que se faça algumas pausas e, durante elas, procure realizar alguns pequenos exercícios físicos. Ou então alguns alongamentos.

Fazer a prática desses exercícios pode oferecer alguns benefícios como:

  • Melhorar o humor;
  • Aumenta a concentração e o estado de alerta;
  • Aumenta a produtividade nos ambientes de trabalho e faculdade.

9. Tenha sono de qualidade

Uma boa noite de sono pode impactar no seu estado emocional e físico. Então, quando temos um descanso de qualidade, ficamos mais dispostos e atentos para as tarefas pendentes para o dia.

O ideal, em média, para uma pessoa entre 18 e 25 anos é dormir entre 7 a 9 horas por dia.

Antes de você se deitar, evite tomar bebidas estimulantes como café e energético. Em relação ao celular, procure não mexer por pelo menos 1 hora antes de ir à cama. Outra sugestão é tomar um banho quente ou ler um livro.

10. Tome bastante água

A água pode ser benéfica na nossa saúde e também na hora dos estudos. Muitos não conhecem a informação, no entanto, beber água pode ajudar o cérebro a trabalhar mais rápido e ficar mais ativo. Deixe uma garrafa ou copo d’água próximo a você para manter a mente ativa e relembrar melhor o que aprendeu.

Como memorizar melhor os estudos em casa?

Tudo é questão de prática. É normal que algumas pessoas batalhem para conseguir lembrar o que acabaram de estudar, pelo simples fato de elas não exercitarem com frequência a sua memória.

Conforme os assuntos vão se tornando mais densos e difíceis, as pessoas percebem que sua mente não está tão bem exercitada. Para isso, busque revisar os conteúdos vistos mais de uma vez na semana e aplique bastante exercício!

 

Como evitar a dispersão no momento dos estudos?

Se você se dispersa com facilidade, procure fazer anotações para manter a concentração. Se feita com regularidade as anotações, dificilmente perderá o foco e, assim, sua mente será exercitada com o tempo.

Não deixe para depois a revisão dos conteúdos, por mais que pareça o certo a se fazer, certifique-se de que entendeu o conteúdo. Esse comportamento pode se tornar um verdadeiro problema no futuro, pois você terá muitas anotações que não entende e, consequentemente, terá dúvidas.

Estudar em casa se torna fácil após passar pela fase da disciplina. Aplique as 10 dicas disponíveis nesse texto por pelo menos 21 dias e verá como isso se tornou um hábito. Lembre-se de ter um cronograma de estudos e respeitar o seu limite, tanto físico como mental.

Tem interesse em fazer cursos além dos seus estudos regulares? O Estude Sem Fronteiras te mostra os benefícios dos cursos de aperfeiçoamento.

Continue lendo os posts do nosso blog para mais dicas e novidades.

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Continue lendo: